Ambientes

[DESCRIÇÃO DE CATEGORIA – Conteúdo Especial] Adesivo de Parede

Procurando um elemento que seja fácil para a decoração de paredes? Então, você achou! Com um adesivo de parede vai ser muito simples deixar o seu ambiente estiloso. As diversas opções de desenhos permitem escolher o adesivo ideal para a sua decoração.

O que é um adesivo de parede

São estampas coláveis que servem para decorar determinadas partes de uma parede, ou até mesmo uma superfície inteira. Geralmente, eles são desenhos ou formas geométricas, mas alguns também podem conter texto (palavras soltas ou mensagens completas), ou combinar desenho e texto.

O material usado para fabricar os adesivos de parede é o vinil autocolante. Cada adesivo vai ter uma dimensão diferente, dependendo da estampa. Eles podem ser adquiridos individualmente ou em kits, com cartelas que contenham vários exemplares do desenho escolhido.

Por que optar por um adesivo de parede

Primeiro, pela facilidade de aplicação (não é preciso usar cola, já que a parte de trás do adesivo já é colante). Assim, não há cheiro de cola e tampouco necessidade de contratar mão de obra especializada para a aplicação.

Além disso, o adesivo de parede permite maior flexibilidade na decoração. Ele pode ser usado em zonas específicas da parede, e não é necessário que a superfície toda seja recoberta. E, ainda, desenhos diferentes podem ser colados em uma mesma parede, ou em um mesmo cômodo (desde que tudo combine, né?).

Como escolher seu adesivo de parede

A escolha desse elemento decorativo depende do gosto pessoal, claro, e também da decoração ou temática dos cômodos onde ele será aplicado. Em um quarto de casal dá para usar adesivo, por exemplo os com flores ou arabescos. Estampas de comida, por sua vez, caem bem na cozinha.

Como existem adesivos para todos os gostos, com desenhos dos mais delicados ao mais inusitados, não vai ser difícil encontrar algum que orne com o ambiente e com a sua personalidade.

Diferenças entre adesivo de parede e papel de parede adesivo

Apesar de o nome e a ideia por trás desses dois elementos serem parecidos, eles são produtos diferentes.

O papel de parede de colar é uma espécie de folha adesiva com determinada estampa, e ele pode cobrir completamente a parede, tampando a pintura dessa superfície, ou ser aplicado em faixas verticais ou horizontais deixando parte da pintura a mostra.

A estampa de um papel de parede se repete ao longo de toda a superfície em que ele for usado. Por ser adesivo, esse tipo de papel não precisa de cola.

Já o adesivo de parede tem tamanhos variados: se for bem grande, pode preencher uma parede toda, mas se for em menor dimensão, ocupa apenas uma zona da parede (ou vários adesivos iguais podem ser colados, repetindo o desenho por toda a estrutura). Eles têm fundo transparente, ou seja, não cobrem a cor da parede.

Para quem deseja uma decoração pontual, como uma frase no canto da parede, ou um desenho próximo à janela, imitando uma árvore, por exemplo, o adesivo de parede é mais adequado.

É válido lembrar que o adesivo de parede costuma ter preços mais econômicos do que o papel de parede.

Ambientes

Black and white: 5 dicas para decorar a casa com preto e branco

Decorar a casa com preto e branco é o desejo de muitas pessoas que buscam deixar sua residência bonita, elegante e confortável para sua família e também seus convidados.

Contudo, essa tendência clássica na decoração de interiores é fonte de muitas dúvidas. Afinal, há o receio de diminuir visualmente o tamanho do lar, deixá-lo com excesso de cores escuras — criando uma sensação de “abafamento” — além de tornar os espaços monótonos e sem vida.

Por essa razão, separamos 5 dicas simples e eficientes para valorizar o decór do seu lar com bom gosto e inovação. Confira!

1. Use adesivos de parede

Esqueça a ideia de que para decorar a casa com preto e branco é preciso, obrigatoriamente, pintar as paredes de casa. Além de ser um processo menos prático e que exige maior manutenção, a sua durabilidade também fica aquém do esperado.

Para inovar com bom gosto, simplicidade e praticidade você pode usar os adesivos de parede. Com eles, você traz dinamicidade à paleta de cores do ambiente ao criar pontos estratégicos nas superfícies que mesclam criatividade e originalidade e têm um efeito visual único.

2. Aposte em quadros ao decorar a casa com preto e branco

Outra forma de decorar a casa com preto e branco é utilizar quadros em um ou mais cômodos. E aqui há dois motivos para isso.

O primeiro é o tipo de imagem que será exposta neles, pois gravuras e fotografias black & white permitem composições não apenas estéticas, mas até mesmo com narrativas de momentos importantes, como o dia do casamento ou o nascimento do filho.

O segundo é que a moldura também pode ser usada como complemento do décor ao fazer contraste com paredes de cor diferente e mostrar a sua criatividade ao explorar detalhes, como os acessórios decorativos, ao decorar seu lar.

3. Invista em móveis e eletrônicos pretos

A combinação de preto e branco não se resumem apenas às paredes, pelo contrário. Para diversificar o uso de ambas as cores em um ambiente você pode investir, por exemplo, em móveis e eletrônicos pretos para trazer pontos de contraste em espaços com predominância de tons claros.

Dessa forma, você foge da monotonia de usar na mesma medida as duas tonalidades e evita sobrecarregar cômodos pequenos com o uso de uma cor escura que os torna visualmente menores.

4. Explore diferentes padronagens

Além das dicas anteriores, explore o uso de padronagens, como listras e figuras geométricas, no seu lar. Elas são excelentes alternativas para trazer um efeito dinâmico e contemporâneo a cada recinto sem que eles fiquem sobrecarregados — especialmente quando não possuem muito espaço — ou percam a elegância do décor.

Uma das grandes vantagens delas é que é possível ousar ao aplicá-las em diferentes objetos, como almofadas, tapetes, cortinas e mantas, e também superfícies, como papéis de parede ou azulejos.

5. Pinte as portas dos cômodos

Por fim, invista nas portas dos cômodos da sua residência para trazer o preto de forma harmônica e conceitual a ambientes nos quais o branco é predominante.

Você pode pintá-las integralmente de tonalidades dessa cor, como o preto chumbo, ou diversificar a paleta de cores de cada uma, especialmente as dos quartos das crianças, com o uso de adesivos de porta com grafismos ou mesmo tons próximos, como o preto e o cinza.

Agora que você já sabe como decorar a casa com preto e branco com bom gosto e elegância, não perca tempo e aplique nossas dicas no seu imóvel e veja cada canto se transformar!

Se você gostou deste post, já sabe: assine já a nossa newsletter para conferir outras dicas e sugestões para repaginar a sua casa!

DIY (Faça você mesmo)

5 DIY de decoração de canecas que você pode fazer em casa

DIY de decoração de canecas

Você é daquelas pessoas que gosta de fazer as coisas com as próprias mãos, mas nem sempre tem tempo para isso? Tem alguma caneca sem graça, encostada em algum armário da casa? Então este artigo foi escrito para você!

Selecionamos 5 dicas DIY de decoração de canecas incríveis e que podem ser realizadas na sua casa mesmo, de tão simples. Canecas são ótimas para se presentear ou até mesmo para servir como decoração, então vale a pena criar versões personalizadas que darão aquele efeito especial. Confira!

1. Efeito quadro-negro

Lembra que antigamente o quadro-negro era usado para se escrever a giz nas escolas? Pois é, hoje em dia, o giz deu lugar aos pincéis coloridos e o quadro-negro deu adeus às salas de aula. Mas, na decoração, ele virou uma febre e o resultado fica incrível! Então por que não aplicar essa técnica também em canecas?

Para fazer uma dessas, você só precisa pintar sua caneca de cerâmica com uma tinta preta fosca. Aguarde o tempo recomendado para secar e pronto! Você já poderá escrever com giz, apagando e reescrevendo suas mensagens, quantas vezes quiser.

Fonte: Shutterstock / Pinterest

Fonte: Shutterstock / Pinterest

2. Arte com esmalte

Uma outra técnica DIY de decoração de canecas é utilizar esmalte (o mesmo que você usa nas unhas) para fazer pinturas abstratas. Fica um charme só!

Para isso, você precisará de uma caneca de cerâmica, esmaltes com cores de sua preferência, uma vasilha com água quente e um palito para mexer.

Comece colocando um pouco de esmalte na vasilha com água quente. Faça isso bem perto da água para o esmalte não afundar. Se quiser, pode mesclar mais de uma cor. Depois disso, use o palito para espalhar o esmalte pela água, com movimentos giratórios.

O próximo passo é afundar a sua caneca nessa água. O esmalte vai aderir à superfície automaticamente. Aí é só deixar secar por algumas que sua caneca já estará pronta para ser usada.

Fonte: Pinterest / Shutterstock

Fonte: Pinterest / Shutterstock

3. Frases com caneta permanente

Utilizar canetas permanentes para desenhar na caneca é uma forma fácil e divertida de decorar a sua parceira de todos os cafés.

Para isso, é necessário somente algumas canetas específicas para cerâmica ou permanentes. Se você tiver talento para desenho, pode deixar a criatividade aflorar e decorar a sua caneca de uma maneira bastante original. Se esse não for o seu caso, não tem problema: você pode escrever frases ou citações de que goste muito.

A produção é bem simples: com as canetas apropriadas, faça a arte na sua caneca. Depois, leve-a ao forno a 180º por 30 minutos, para que seu desenho seja fixado na caneca. Deixe-a esfriar dentro do forno e finalize com verniz.

4. Caneca mágica

Se quiser incrementar a técnica DIY de decoração de canecas que utiliza a caneta permanente, você pode usar uma tinta especial para fazer uma caneca mágica, que faz aparecer figuras com o calor.

Para isso, você pode utilizar uma caneca que você já tenha desenhado com caneta permanente e finalizado no forno. Então, é só diluir o pigmento termocrômico com um pouco de verniz para cerâmica e cobrir toda a superfície do seu desenho. Assim, ele ficará escondido e só será revelado quando a caneca ficar quente. É realmente mágico!

Fonte: Pinterest

Fonte: Pinterest

5. Detalhes esculturais

Outra forma de você personalizar sua caneca é dando a ela uma forma diferente, adicionando relevos e detalhes ao corpo dela. Para fazer isso, não é preciso produzir uma caneca do zero, você pode decorá-la apenas usando um pouco de cerâmica plástica.

Esse material é facilmente encontrado em lojas de artesanato e papelarias e funciona como uma massa de modelar, portanto é muito simples de se manusear e o resultado fica bastante profissional.

Curtiu as dicas DIY de decoração de canecas? Então, assine a nossa newsletter! Assim, você recebe todo o nosso conteúdo diretamente no seu e-mail e fica por dentro das nossas atualizações.

Dicas de Decoração

Como fazer decoração provençal? Fique por dentro dessa tendência!

Romantismo, delicadeza e um toque de luxo. Essas são algumas das características que se reúnem na decoração provençal. Esse modo de decorar foi inventado há muito tempo e ainda nos dias atuais encanta muita gente e faz cada vez mais pessoas terem a curiosidade de como fazer decoração provençal em suas próprias residências.

Felizmente esse tipo de decoração não á algo complicado de fazer. Seguindo suas características próprias, é possível decorar tanto móveis antigos quanto itens decorativos em um ambiente. Aplicando as cores certas e conhecendo os detalhes, a decoração provençal pode entrar na sua casa.

Quer saber mais? Continue lendo esse texto e conheça mais informações sobre esse estilo decorativo realmente encantador. Saiba também como utilizá-lo na sua casa.

Qual é origem da decoração provençal?

Esse estilo tem origem na região de Provença, Sul da França. Em torno dos séculos XVI e XVII, a decoração provençal foi desenvolvida primeiramente por camponeses que tinham o desejo de deixar os seus móveis parecidos com aqueles dos castelos das dinastias.

Para tanto, camponeses habilidosos começaram a modificar esses móveis de maneira artesanal. Há registros que eles usavam peças de madeira para dar aos móveis as formas e contornos suntuosos. E para isso, usavam também cola e gesso para amenizar imperfeições da madeira, alcançando traços mais delicados.

Como usar a decoração provençal na sua casa?

Da vida camponesa de outrora até os dias atuais, a decoração provençal ainda mantém suas relações estéticas relacionadas ao romantismo. Esse detalhe pode ser notado nos móveis, cores de tons claros e estampas trabalhadas. A seguir você aprende como aplicar esse estilo na sua casa.

1. Móveis antigos e trabalhados

O estilo provençal não se caracteriza por móveis retos e muito longos. Em vez disso, os móveis desse estilo caminham para uma estética mais rústica, podendo ter partes de ferro fundido.

Pode-se também modificar esses móveis, aplicando cores suaves ou neutras. Ainda pode-se aplicar neles estampas florais, mais delicadas e pintura com o aspecto desgastado.

2. Cores pastel

As cores da decoração provençal não se caracterizam pelo exagero. Na verdade, a paleta de cores é bem neutra e suave. Dentre os tons mais utilizados estão o branco e bege.

Pode-se também utilizar o azul, rosa e amarelo, mas desde que sejam em tonalidades claras. Essas cores de tons pastel podem ser aplicadas nas superfícies dos móveis e também nas paredes.

3. Flores diversas

Nada de preto e branco. A decoração provençal se desabrocha para as cores por meio das flores. Essas podem ser de vários tipos, mas aquelas que são mais delicadas e pequenas, como as margaridas, são as mais requisitadas.

As flores podem ser usadas literalmente, ocupando vasos em pequenas quantidades. Também elas podem estar nas estampas usadas para os papéis de parede, ladrilhos ou adesivos.

Esses foram algumas informações para você saber como fazer decoração provençal. Além disso, os objetos decorativos como lustres e quadros são também a marca desse tipo de estilo. Eles remetem muito à era dos palácios dos reis.

Gostou dessas informações? Fique por dentro de outros assuntos assinando a nossa newsletter.

 

Inspiração

Como usar adesivos de porta para dar um up na decoração do seu lar?

Os adesivos utilizados na decoração estão ganhando a cada dia mais adeptos. Além de serem bem práticos, acessíveis e fáceis de instalar, estão disponíveis no mercado em inúmeras estampas diferentes e trazem um ar de modernidade e charme às residências.

Uma maneira bem criativa de se usar o adesivo é aplicá-lo nas portas. É adequado para todos os cantos da casa e todos os gostos, pode ser usado para decorar um ambiente mais conservador, com tons mais sóbrios, ou uma porta de um quarto de criança, com um desenho bem colorido.

No nosso post de hoje, daremos 5 dicas de como utilizar os adesivos de porta e tornar a sua casa muito mais elegante. Confira!

1. Dê mais cor a sua geladeira

Foi-se o tempo em que os adesivos e ímãs de geladeira eram somente aqueles bem pequenininhos. Os modelos atuais de adesivos são maiores e mais criativos, vão desde os mais descontraídos — como pinguins e galinhas pintadas — até os mais sofisticados — como uma estampa de zebra cobrindo toda a porta.

Há ainda temas fazem referência a marcas de refrigerantes e aqueles que utilizam como modelo ilustrações de artistas plásticos.

O adesivo de porta pode ser utilizado em diversas áreas, basta soltar a imaginação.

Continue lendo

Em Alta

Sono dos deuses: como ter uma cama mais confortável?

Já parou para pensar que você passa cerca de um terço da sua vida na cama? Colocado dessa forma, fica fácil perceber o quão importante é ter uma cama confortável e gostosa para dormir. Afinal, permanecer tanto tempo deitado exige muito conforto para um dia a dia com mais disposição e bom humor.

Agora, você sabe como deixar a cama perfeita para relaxar? Continue a leitura deste artigo e confira nossas dicas sensacionais para aumentar o aconchego da sua.

Faça a higienização

Muito do conforto da cama vem da sua aparência e dos aromas exalados por ela. Ninguém gosta de deitar em um colchão duro, com lençóis amassados e mau cheiro ou com odor muito forte de produtos de limpeza, não é mesmo? Portanto, para uma cama confortável, faça uma higienização periódica no colchão e na roupa de cama.

O colchão deve ser limpo sempre que aparecerem manchas e sujeiras. O ideal é contratar uma empresa especializada nesse tipo de limpeza, que normalmente utiliza vapor e cuida para que a peça não fique úmida.

Entretanto, você também pode limpar seu colchão em casa. Para isso, utilize água e sabão apenas nas áreas com manchas, esfregando. Depois, leve-o ao sol e espere secar completamente.

A secagem completa é de extrema importância, pois a umidade no colchão pode ocasionar doenças como rinites, alergias, entre outras, que surgem em razão de fungos e ácaros.

A limpeza dos lençóis, cobertores e fronhas também é essencial. Recomenda-se a troca da roupa de cama pelo menos uma vez por semana. Mas você pode trocar ainda antes, assim que sentir que o conforto de uma cama limpa “venceu”.

Vire o lado do colchão

Para evitar os temidos calombos e afundamentos do colchão, assim como para deixá-lo mais macio, é preciso virar a peça periodicamente.

Gire seu colchão colocando a face de cima para baixo, e o lado dos pés para o lado da cabeça. Assim você garante a vida útil da peça e mantém um uso uniforme por toda a superfície, evitando que algumas partes afundem ou fiquem muito moles.

Escolha itens confortáveis

Quem nunca ouviu falar dos famosos lençóis de algodão egípcio de 200 fios? Saiba que não é nenhum exagero querer uma peça dessas. Afinal, o número de fios no tecido interfere diretamente no conforto: quanto mais fios, maior a maciez do lençol. A diferença no conforto já pode ser sentida a partir dos 200 fios. Portanto, aproveite.

Dê preferência ao algodão e aos tecidos feitos 100% com o material. Em geral, as fibras que não amassam, apesar de atraentes no princípio, podem não ser muito suaves ao toque e acumulam bolinhas com o tempo. Prefira também cores suaves, que ajudam a relaxar e a se concentrar.

Importante ainda é escolher o colchão certo para você. Cheque a densidade e o tamanho e não tenha vergonha de testá-lo na loja. Verifique também se, depois de entregue, é possível trocar a peça. Afinal, você passará muitos anos em cima dela.

O travesseiro também precisa ser ideal: baixo, alto, regular, macio, firme… Verifique com o qual você se adapta melhor. A cabeceira é outro item que pode ser acolchoado e faz a diferença na hora de se recostar e aproveitar uma leitura ou um filme na cama.

Utilize protetores

É normal acabar um dia cansativo de trabalho ou em casa jogando-se na cama, antes mesmo de trocar de roupa ou tirar os calçados. Apesar de extremamente prazeroso, esse hábito traz para sua cama a poluição do dia a dia que fica grudada nas roupas, pele e cabelo. 

Para evitar a sujeira e as manchas, coloque protetores no colchão e nos travesseiros sob o lençol e as fronhas. Isso garante a vida útil das peças e evita o mau cheiro e a frequência da lavagem mais pesada, com água. Troque os protetores também pelo menos uma vez por semana, junto com o resto da roupa de cama.

Agora que você tem em mãos essas dicas, prepare-se para conquistar uma cama confortável, aconchegante e desfrutar noites melhores de sono e descanso. Afinal, nada melhor do que inovar também no seu conforto! Aproveite para assinar nossa newsletter e receba novas dicas imperdíveis para o seu lar.

Dicas de Decoração Em Alta

Menos é mais! Como criar uma decoração minimalista no seu lar?

Sabe aquele ditado que diz “menos é mais”? Pois esse é o conceito-chave da  decoração minimalista. Esse estilo preza por ambientes com poucos móveis, cores neutras e objetos decorativos que fogem de detalhes rebuscados. Mas atenção: isso não significa ter uma residência sem graça e sofisticação.

Confira as 6 dicas que preparamos para você aplicar esse estilo de decoração no seu lar. Boa leitura!

1. Invista em cores neutras

As cores mais suaves ou neutras são os elementos típicos da decoração minimalista. Para seguir a paleta do estilo, aposte nos tons de palha, branco e também aproveite as nuances de tons de areia. Essas cores podem ser aplicadas nas paredes, na estampa das almofadas e até mesmo no forro do sofá.

2. Aposte em móveis espaçosos

Móveis repletos de detalhes não fazem parte da decoração minimalista. Para este estilo, o ideal é apostar em um design simples. Por exemplo, vale a pena investir em mobiliário com linhas retas e também em móveis de baixa estatura, porém espaçosos..

3. Abuse de cortinas e tapetes de tons sóbrios

Atenção especial para os tecidos escolhidos para aplicar na decoração minimalista! Fuja de tons vibrantes para cortinas e tapetes e evite também estampas étnicas e coloridas. Materiais leves e tons sóbrios são os ideais para tais peças decorativas. Lembre-se de que quanto menos melhor.

4. Decore com poucos objetos

Uma casa repleta de elementos decorativos não compartilha do estilo minimalista. As peças ornamentais indicadas para a decoração minimalista são importantes por sua individualidade e não pela quantidade. Nesse sentido, busque por peças únicas em porcelana ou até mesmo pequenas esculturas. Artefatos feitos de metal e madeira também são fortemente utilizados nas casas que prezam por esse conceito.

 5. Preze pela iluminação natural

Cômodos escuros não combinam com a decoração minimalista. O mais recomendado é que a iluminação seja homogênea, por isso, é recomendável aproveitar a luz natural que entra na sua casa. Aposte em janelas de vidro, cortinas claras ou persianas abertas, de forma a aproveitar até o último minuto de luz solar. Para a iluminação noturna, o ideal é lançar mão de lustres e pendentes com menos detalhes possíveis, fazendo com que a própria lâmpada seja protagonista da peça, deixando-a aparente.

6. Tenha um quarto minimalista

Um quarto com mesas, quadros, cadeiras e decoração excessiva podem trazer um  aspecto de ambiente carregado. Para ter um cômodo que segue a decoração minimalista, preze pelo básico.
Opte por peças chave como uma cama sem cabeceira, cercada por um criado-mudo discreto e com linhas retas, além de uma luminária simples e um guarda-roupa com espelho embutido. A harmonia entre as peças dará o tom minimalista para o seu quarto!

Essas foram algumas dicas para você aplicar de vez a decoração minimalista na sua casa. Se você quiser inovar um pouco nas cores do seu lar, mas sem fugir do conceito minimalista, opte pela cor rosa chá. Esse tom de rosa é neutro e muito fácil de combinar com outros objetos de decoração.

Gostou dessas dicas? Quer conhecer mais sobre decoração? Siga no Facebook e Instagram e confira!

Dicas de Decoração

Praticidade: aprenda a deixar seu quarto sempre organizado

Você sabe como organizar o quarto? Parece simples, não é mesmo? Mas, acredite, esse ambiente é o que está mais sujeito à bagunça — tendo em vista que é o local onde guardamos os mais variados tipos de objetos, como roupa de cama, vestuário, calçados, bolsas, bijuterias, produtos de beleza, entre muitos outros itens.

Por isso, muitas vezes, se não houver organização ele dará trabalho a você — e o pior:  todo  santo dia deverá ser arrumado. Sendo assim, vamos lhe dar algumas dicas de como organizar o quarto para mantê-lo limpo e em ordem por mais tempo. Acompanhe!

Arrume a cama logo que levantar

Arrumar a cama logo após se levantar vai facilitar muito o início do seu dia. Essa ação tomará pouco mais de um minuto de seu tempo e é um bom começo para ordenar o resto do espaço.

Além disso, uma cama bem arrumada confere ao ambiente maior organização e é uma boa arrancada para colocar em ordem o restante do quarto.

Livre-se dos excessos

Uma das regras que mais dá certo para acabar com a bagunça é livrar-se dos excessos. Assim, o melhor a fazer é começar se desfazendo de tudo que não tem mais utilidade para você.

Desobstrua o seu armário, que muitas vezes guarda aquelas roupas que você não usa mais: limpe e ordene suas gavetas, mantendo nelas apenas o que realmente tem utilidade.

Essa ação, além de promover a diminuição da poluição visual, ajudará a encontrar tudo que precisar mais facilmente. Com menos itens no quarto é mais fácil, também, retirar e colocar as coisas em seus devidos lugares com mais agilidade.

Organize seu armário

O ideal é que organizemos nossas roupas por tipos dentro do armário. Assim, além de mantê-lo mais arrumado, vai nos facilitar na hora que precisarmos de alguns itens específicos.

Separe suas roupas por categorias em gavetas separadas, como camisetas, shorts, pijamas etc. Nos cabides, organize dividindo as calças por cores e proceda com as blusas da mesma forma. 

Utilize nichos ou caixas organizadoras para guardar peças íntimas — elas contribuem muito para manter tudo arrumado e no seu devido lugar. Mas, principalmente, mantenha o hábito de sempre colocar de volta tudo que retirar do seu local de origem. Isso manterá sempre tudo muito bem organizado.

Não troque os objetos de lugar

Evitar trocar de lugar os objetos que estão em seu quarto pode fazer com que você consiga pegá-los mesmo no escuro.

Ou seja, fica muito mais fácil manter a ordem se você deixar tudo em seu devido lugar, visto que na hora que precisar achará tudo rapidamente.

Mantenha um local específico para depositar roupa suja

Manter um local para depósito de roupa suja vai evitar o acúmulo de roupa no quarto. Pode ser um cesto que fique no banheiro ou mesmo no dormitório, que depois será removido para a área de serviço.

Estabeleça prazos para as tarefas

Fazer limpeza, reorganizar itens, arejar armários, entre outras tarefas devem seguir prazos, para que não caiam no esquecimento. Se você demorar muito para reorganizar os itens de seu armário, em pouco tempo ele pode virar uma bagunça.

Essa arrumação, quando não é feita no tempo estipulado, pode lhe consumir muito mais tempo, visto que muitas coisas já estão fora de seu lugar.

Assim, definir prazos para essas tarefas em seu quarto pode lhe garantir uma arrumação mais duradoura, sem ter que parar a todo instante para procurar algo que sumiu na bagunça. Pense nisso!

E aí, gostou de nosso post sobre como organizar o quarto? Então siga nossa página no Facebook e fique por dentro de outros artigos interessantes como este!

Inspiração

Inspire-se! Saiba como encontrar ideias de decoração no Pinterest

Buscando visuais para inspirar a decoração da sua casa? Uma das grandes sacadas do Pinterest é proporcionar aos usuários um espaço para buscar, organizar, categorizar e trocar imagens. E assim como nas outras redes sociais, é possível acessá-la facilmente de qualquer computador ou dispositivo móvel com acesso a internet.

É exatamente por isso que tanta gente procura ideias de decoração no Pinterest. Quer saber como usar essa mídia social para deixar sua casa linda, de forma prática e sem gastar muito? Continue a leitura para saber como usar essa ferramenta!

Como funciona o Pinterest?

Nos anos 1980 e 1990, era moda ter um quadro de cortiça recheado de ideias e inspirações. O Pinterest funciona como uma versão virtual (melhorada e ampliada) desse velho aliado. Nele, o usuário pode criar áreas para assuntos específicos, sem limite de “cortiça” e de “alfinetes”.

Qual o objetivo dessa rede?

As redes sociais têm por objetivo comum o compartilhamento. No caso do Pinterest, você encontra ideias que mais tenham a ver com você e disponibiliza para que outras pessoas também possam achar as soluções para questões parecidas.

E é natural que logo muita gente descobriu que esse era o espaço perfeito para dividir ideias para deixar a casa linda. É por isso que tanta gente procura ideias de decoração no Pinterest. Aproveitando essa mídia, você pode achar um DIY (Do It Yourself) para reproduzir as tendências, tutoriais para organizar e decorar, além de muitas imagens fantásticas para criar o visual perfeito para cada cômodo e canto do seu lar.

Como usar as funções para encontrar ideias de decoração no Pinterest?

É lógico que os criadores e administradores do Pinterest perceberam rápido que tinham uma mina de ouro nas mãos. Por isso, a ferramenta é atualizada constantemente, com funções para ajudar seus usuários a tornar a navegação cada vez mais fácil e prazerosa.

Separamos aqui algumas das principais ferramentas para você encontrar (ainda mais) boas ideias de decoração no Pinterest:

Busca de inspiração

Se você já usa a rede, percebeu que na página principal sempre estão as imagens de usuários e pastas que você segue, mas ao clicar na bússola (caso esteja usando um desktop) ou lupa (no caso de celulares), você poderá explorar tendências, divididas em categorias. A partir dela você expande seus horizontes para encontrar novidades a que provavelmente não teria acesso através da sua página principal.

Botão “Mais”

Uma novidade bem legal do Pinterest. Ao navegar na sua página, verá que no canto inferior direito da imagem existe um círculo (em celulares) ou a palavra more (em desktops). Ao clicar, você inclui na sua página outros pins relacionados a essa imagem. Isso pode ser uma mão na roda na hora de achar ideias de decoração para o seu espaço, incluindo também diferentes tutoriais. Assim, você acha a versão mais bonita, acessível e simples para organizar as panelas da cozinha, por exemplo.

Antes, a única forma de fazer isso era a partir dos Pins Relacionados, que aparecem quando você abre uma ideia.

Teste de tutoriais

Frustração épica: DIY que não dá certo. Para isso existe uma função bem legal, o botão ”Tried it! ”, que indica a porcentagem de pessoas que testaram aquele pin e avaliaram a ideia. Um achado para te afastar de quem só atrapalha na busca pelas ideias de decoração no Pinterest práticas e realmente executáveis.

Pastas secretas

Não é porque se trata de rede social que tudo precisa ser público. Você pode também criar pastas secretas para organizar ideias que não deseja compartilhar com mais ninguém. Essa pode ser uma boa alternativa na hora de salvar ideias de decoração no Pinterest, mas sem que ninguém precise ficar sabendo disso.

Agora com essas dicas ficou bem mais divertido e prático achar as melhores inspirações e ideias de decoração no Pinterest, certo? Divida conosco nos comentários as suas experiências e dicas para usar essa rede!

DIY (Faça você mesmo)

Faça você mesmo: aprenda a fazer um lindo tapete de boas vindas!

A decoração, além de deixar os ambientes mais agradáveis visualmente, também é responsável por transformar nossa casa aconchegante. Muitas vezes, porém, nos esquecemos de que o lado de fora da casa também deve receber atenção para esse lar ficar ainda mais completo. Para quem não quer gastar muito tempo ou investir altos valores e, ainda assim, ter uma moradia arrumadinha, uma ótima ideia é fazer um tapete de boas vindas.

Separamos aqui 5 opções para você colocar essa ideia em prática. Assim, terá uma peça para embelezar o espaço de entrada, torná-lo mais convidativo e tirar a sujeira dos sapatos antes de entrar na casa.

1. Tapete de pom-pom

Esse modelo tem ganhado destaque por ser bonito e fácil de fazer. Com alguns novelos de lã e uma tela emborrachada, você consegue ter um tapete agradável, colorido e charmoso.

O primeiro passo é comprar novelos de lã em cores de sua preferência e uma tela emborrachada — é tudo muito barato. Para fazer os pom-pons, comece a enrolar um fio de lã com as mãos, dando de 15 a 20 voltas. Depois, amarre ao meio o aro que se formou e corte as laterais — pronto, você tem um pom-pom. Faça vários e amarre-os à tela com a própria lã ou utilize cola quente.

Passo a passo de como fazer pompom - Foto: Pinterest

Passo a passo de como fazer pompom – Foto: Pinterest

Além de tapetes, o pompom é muito utilizado na decoração, tendo infinitas possibilidades. Fotos: Pinterest

Além de tapetes, o pompom é muito utilizado na decoração, tendo infinitas possibilidades. Fotos: Pinterest

2. Tapete de rolhas

Se você é amante de vinhos, essa ideia pode ser ótima. Utilizando as rolhas das garrafas, é possível construir um objeto de decoração elegante e original.

Após juntar uma quantidade considerável de rolhas, você pode colá-las individualmente com cola quente sobre uma base emborrachada. Basta ter em mente um padrão e, se uma rolha for muito maior do que a outra, basta cortá-las com um estilete se desejar algo uniforme. Elas podem ser coladas tanto na vertical quanto na horizontal. Fica lindo!

3. Tapete de pedras

Quando incorporamos os elementos da natureza na decoração, não só trazemos mais vida para o ambiente, como também aconchego e conforto. Por isso, esse tapete de pedras pode ser uma ótima sugestão.

Para construí-lo, você deve comprar um grande número de pedras naturais — como seixo do rio, dolomita ou mármore — em lojas especializadas. Em seguida, é só colá-las em uma base emborrachada utilizando cola de silicone. Esse modelo também é ótimo para massagear os pés!

4. Tapete de retalhos

O tapete de retalhos, além de clássico, também pode ser simples e bonito. Utilizando sobras de tecido, ele dá as boas-vindas de forma aconchegante e familiar.

Aqui, você pode fazer dois modelos diferentes. O primeiro consiste de pequenas tiras de tecido com, aproximadamente, 15 cm cada, que você pode entrelaçar em uma tela de trançar. A segunda ideia é pegar faixas com cerca de 80 cm, fazer tranças a cada três e colá-las sobre uma base, deixando pequenas franjas nas extremidades.

5. Tapete de corda

Se você tem uma casa litorânea ou quer trazer esse clima mais praiano para o lar, aposte no tapete de corda. Com cola quente e alguns metros de uma corda de espessura e material de sua preferência, você constrói esse tapete facilmente.

Escolha o formato da base que mais desejar, sendo os redondos e retangulares os mais comuns. Em uma base redonda, você pode começar colando a corda pelo centro, fazendo uma espiral. Na base retangular, comece pelas bordas, preenchendo a base em linhas retas conforme desejar. Por fim, aplique uma camada de verniz em spray incolor para garantir a durabilidade do material.

Esperamos que essas ideias de como fazer um tapete de boas vindas sejam uma ótima fonte de inspiração. Lembre-se de que, na hora de decorar, transmitir seu estilo é a melhor maneira de deixar tudo mais original.

Se você gostou deste post, compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Eles também vão adorar!